LAIKA- FOTOGRAFIAS TESTEMUNHAS DA HISTÓRIA

Fotos de autores ignorados- Acervo Wikpédia domínio público.

  Nas ruas de Moscou, vivia uma pequena cadelinha sem raça definida, pesando cerca de seis quilos com três anos de idade. Ela foi uma das três escolhidas pelos cientistas da agência Espacial Soviética para ser treinada e enviada ao espaço. Para Laika estava reservado um legado: o de ser o primeiro ser vivo a orbitar a Terra. Em 3 de Novembro de 1957 ela foi lançada ao espaço a bordo da nave soviética Sputnik 2 mas infelizmente morreu sete horas após seu lançamento. Laika tornou-se um dos cães mais famosos do mundo. Deixou seu legado de glória em ser o primeiro ser vivo a orbitar a Terra e com isso, a percussora da viagem humana ao cosmos.  Na Cidade das Estrelas, em 1997 foi  inaugurada uma placa em homenagem aos cosmonautas mortos. Laika está entre as pernas de um cosmonauta. Em Moscou, no Monumento aos Conquistadores do Espaço, entre todos os personagens que aparecem  esculpidos, Laika e Lênin são os únicos personagens que se pode reconhecer pelos nomes. Em 9 de Março de 2005, um pedaço de terreno próximo a cratera Vostok, do planeta Marte, recebeu o nome de Laika

"Um dia, no futuro, algum planeta habitável será descoberto e colonizado pelo homem. Certamente esse planeta se chamará Laika"

 Nave Espacial Sputnik 2
 Laika em seu traje espacial

Monumento em homenagem a Laika